Adalberto de Paula Paranhos

por Portal PPGHI
Publicado: 18/04/2018 - 16:45
Última modificação: 09/06/2021 - 13:54
Tipo do Docente: 
Permanente

Professor titular da Universidade Federal de Uberlândia. Bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq. Professor visitante da Universidade de Lisboa. Concluiu o mestrado em Ciência Política pela Unicamp, em 1997, o doutorado em História Social pela PUC-SP, em 2005, e o pós-doutorado em Música pela Unicamp, em 2015. Entre seus livros, destacam-se Os desafinados: sambas e bambas no “Estado Novo” (São Paulo: Intermeios/CNPq/Fapemig, 2015) e O roubo da fala: origens da ideologia do trabalhismo no Brasil (2. ed. São Paulo: Boitempo, 2007). Tem artigos e capítulos de livros publicados na Argentina, Brasil, Chile, Cuba, Estados Unidos, Inglaterra e Portugal. É editor de ArtCultura: Revista de História, Cultura e Arte, periódico do Instituto de História, vinculado ao PPGHI/UFU. Participa de mais 11 conselhos editorais e consultivos de revistas do Brasil e do exterior, bem como de 1 editora. Exerceu a vice-presidência e a presidência da seção latino-americana da IASPM-AL (International Association for the Study of Popular Music) entre 2006 e 2010. Suas pesquisas e sua produção intelectual entrecruzam História Social, Política e Cultura, com ênfase em Música Popular. Entre os temas mais frequentes de seus estudos se encontram música popular brasileira, símbolos nacionais, identidade, samba, malandragem, Bossa Nova, historicidade das canções, relações de poder, relações de gênero, sexualidade, ideologia, hegemonia, “Estado Novo”, governo Vargas, trabalho, trabalhismo, nacionalismo e censura. E-mail: adalberto.paranhos@ufu.br

Grupos de Pesquisa:

HISTÓRIA E MÚSICA - UNESP
História e Cultura - UFU