Mestrado Acadêmico em História

PPGHI
by Portal PPGHI
Published: 26/07/2017 - 14:15
Last modification: 10/05/2021 - 09:25

O curso de Mestrado em História do Programa de Pós-Graduação em História (PPGHI) da Universidade Federal de Uberlândia está em funcionamento desde 1999. Formou, até abril de 2020, 386 mestres, uma média de, aproximadamente, 18 defesas de dissertações por ano. Constituído por 20 docentes de origem institucional diversificada, o curso busca capacitar graduados em história e áreas afins para a atuação na carreira docente e no desenvolvimento de pesquisas em História.  A área de concentração do programa é “História, Cultura e Poder” e abriga as seguintes linhas de pesquisa: “Práticas culturais e relações de poder”, “Linguagens, identidades e subjetividades” e “Territorialidade, cultura e poder”. O ingresso de novos alunos é anual, feito mediante a processo seletivo público divulgado em edital.

Vinculados ao programa estão núcleos e laboratórios de pesquisa, entre eles o POPULIS (Núcleo de Pesquisa em Cultura Popular, Imagem e Som), o NEHAC (Núcleo de Estudos em História Social da Arte e da Cultura),  o NEPHISPO (Núcleo de Estudos e Pesquisa em História Política), o NEGUEM (Núcleo de Estudos de Gênero), como também o LEAH (Laboratório de Ensino e Aprendizagem em História), o LABCIAMB (Laboratório de História da Ciência e História Ambiental) e o LAHTEV (Laboratório de História do Trabalho, da Educação e da Violência). Por meio da atuação dos núcleos de pesquisa, o PPGHI acolhe ainda importantes periódicos científicos da área de história, tais como as revistas ArtCultura, Fênix, Espaço Feminino e Cadernos de Pesquisa do CDHIS. Além dos núcleos e laboratórios, a infraestrutura do programa conta com o Centro de Documentação e Pesquisa em História (CDHIS), cujo acervo é composto, entre outros,  por material de imprensa (local e nacional), fotografias, cartazes, vídeos, discos, processos criminais, mapotecas, obras de memorialistas e coleções particulares.

 

Objetivos do Programa

Visando qualificar profissionais que atuem nas áreas de ensino e pesquisa, e ainda em atividades técnicas, em instituições ou órgãos ligados ao serviço público ou privado, a capacitação oferecida pelo programa estimula o diálogo interdisciplinar, fomenta a reflexão, o debate teórico e a produção de conhecimento histórico qualificado. Entre os objetivos do PPGHI estão:

I – Formar pesquisador com habilidades ligadas ao desenvolvimento de pesquisa histórica original e fundamentada no uso de fontes históricas e/ou revisão bibliográfica.

II - promover e realizar pesquisas originais e relevantes no campo da História, a partir de diversos quadros teóricos, metodológicos e historiográficos, comprometidas com a produção de um conhecimento histórico crítico, plural e interdisciplinar;

III - fomentar diálogos interdisciplinares e interinstitucionais e entre pesquisas que articulam os cursos de Graduação e Pós-graduação e permitem a consolidação e a contínua renovação das Linhas e dos Núcleos de Pesquisa do Programa;

IV – estimular a criatividade e propiciar condições permanentes de atualização, aperfeiçoamento e especialização aos pós-graduandos em História e áreas afins;

V - incentivar a produção intelectual voltada para o campo historiográfico, difundindo e divulgando (por meio de publicações e eventos) os resultados das pesquisas desenvolvidas no PPGHI;

VI - aprimorar o padrão de competência técnico-profissional dos discentes do Programa, preparando-os para as diversas áreas de atuação do historiador na sociedade.

 

Histórico do Programa

O curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em História (PPGHI) da Universidade Federal de Uberlândia foi criado em 1998, pela Resolução nº 07/98 do Conselho Universitário, e recomendado pelo CTC da Capes em 09/01/1999. Em 2018 o PPGHI  iniciou o processo de sua reformulação, visando atender as exigências expressas na avaliação quadrienal de 2017, concomitante  ao estabelecimento de uma sistemática de autoavaliação e de constituição de um planejamento estratégico de curto, médio e longo prazo. Tais ações visaram a melhoria dos indicadores qualitativos do Curso de Mestrado, bem como o fortalecimento do PPGHI nos  âmbitos regional, nacional  e internacional. Como parte desse processo, em 05 de dezembro de 2019 foi aprovada nova Resolução de Credenciamento, Descredenciamento e Recredenciamento (Resolução N. 1/2019 do COLPPGHI), que avalia um amplo rol de atividades docentes, entre eles: administração, produção bibliográfica e técnica, orientação, ensino e extensão, itens com pesos diferenciados conforme os objetivos precípuos da pós-graduação.

Em 12 de março de 2019 foi aprovada pelo Colegiado do PPGHI-UFU a proposta de reformulação do curso. Além de novo regulamento, estrutura curricular e disciplinas, foram aprovadas também a nova área de concentração do programa, intitulada agora “História, Cultura e Poder”, e as novas Linhas de Pesquisa: “Práticas Culturais e Relações de Poder”; “Linguagens, Identidades e Subjetividades”; “Territorialidade, Cultura e Poder”. Tal reestruturação teve como ponto de partida  a vocação de pesquisa do corpo docente, no intuito de constituir  uma identidade englobante dos trabalhos realizados no interior das Linhas de Pesquisa. Com a diminuição do número de docentes no Programa, decorrente dos descredenciamentos realizados após a desabilitação do curso de Doutorado, foi preciso readequar o número de Linhas de Pesquisa do PPGHI.  O processo  de avaliação e reformulação do programa foi finalizado no dia 7 de agosto de 2020, quando a proposta de sua reestruturação foi aprovada no Conselho de Pesquisa e Pós-graduação, estando, a partir de então, em fase de implementação. Com a definição da composição das novas linhas de pesquisa, foi realizado então o recredenciamento geral e credenciamento de novos  docentes, bem como o descredenciamento dos professores que não atendiam à  Resolução N.1/2019 do COLPPGHI.

Perfil do ingressante: 

O Curso de Mestrado em História destina-se a egressos de cursos de graduação de longa duração (graduação plena) reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC). Não são admitidas inscrições de egressos de curso de curta duração, sequencial e assemelhados. As vagas disponíveis são para a área de concentração e para as linhas de pesquisa do PPGHI. Os candidatos deverão apresentar proficiência em língua estrangeira, que é considerada componente curricular do programa. Serão aceitas proficiências nas seguintes línguas: Francês, Inglês, Espanhol, Italiano ou Alemão. Para candidatos estrangeiros não lusófonos será exigido também o certificado de proficiência em língua portuguesa.

 

Minimum Duration: 
12 meses
Maximum Duration: 
24 meses
CAPES Concept: