Laboratório

Indefinido

Laboratório de Ensino e Aprendizagem em História (LEAH)

por Portal PPGHI Inhis
Publicado: 22/10/2020 - 09:54
Última modificação: 15/03/2021 - 14:40

O Laboratório de Ensino e Aprendizagem em História – LEAH é um órgão do Instituto de História da Universidade Federal de Uberlândia cuja finalidade é promover a reflexão teórica, a pesquisa e a experimentação de metodologias de ensino de História, integradas a projetos de extensão desse Instituto. Desde sua criação, em 1982, o LEAH vem desenvolvendo várias atividades voltadas ao aprimoramento da qualidade do ensino de História, acompanhando o desenvolvimento deste nas escolas de Ensino Fundamental e Médio em Uberlândia e Região. O Laboratório tem procurado promover a organização de um acervo que ofereça subsídios teórico-didáticos para a realização de atividades de extensão e ensino. Como meta voltada à pesquisa, procura divulgar a produção acadêmica, relativa ao conhecimento histórico e às suas formas de ensino-aprendizagem. Além de estimular a reflexão acerca das dificuldades e avanços das práticas pedagógicas do ensino de História, busca, igualmente, atender as demandas que se evidenciam 'nas artes do ofício' do historiador-professor. Nesta perspectiva, a equipe do LEAH busca a atualização, o aprofundamento, a discussão e a divulgação de questões pertinentes ao ensino de História. Através de seus projetos, o LEAH promove a aproximação da Universidade com as instituições de ensino básico, principalmente as públicas, e implementa a interação entre ensino, pesquisa e extensão.

Av. João Naves de Ávila, 2121
CEP: 
38408-100
Uberlândia, Minas Gerais, Brasil
Campus Santa Mônica - Bloco 1H - Sala 1H 38B
Tópicos: 

Laboratório de História da Ciência e História Ambiental - LABCIAMB

por Portal PPGHI Inhis
Publicado: 22/10/2020 - 09:52
Última modificação: 19/03/2021 - 13:52

O Laboratório de História da Ciência e História Ambiental (LABCIAMB), criado em 2012, e coordenado pelos docentes do Instituto de História, Prof. Dr Marcelo Lapuente Mahl e prof. Dr Jean Luiz Neves Abreu, tem como objetivo principal desenvolver atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão vinculadas à história da Ciência e História Ambiental. Apesar de serem áreas distintas, ambas  têm em comum o caráter transdisciplinar, envolvendo as ciências humanas, a filosofia, as ciências da natureza, dentre outras. Além disso, compartilham de algumas problemáticas comuns, a exemplo da relação entre ciência, natureza e sociedade, a compreensão das técnicas e sua influência na transformação do mundo natural. O laboratório se insere também nas atividades do Programa de Pós-Graduação em História, a partir de orientações de projetos que dialogam com a ciência e o meio-ambiente, com múltiplos enfoques e abordagens, dentre eles a problemática da natureza e da ciência no território.

O Laboratório tem como seus principais objetivos: I. agregar docentes do Instituto de História e de outros institutos que possuam interesses voltados para essas áreas de conhecimento II. Contribuir para a formação discente no âmbito da Graduação e da Pós-Graduação em História; III. Reunir e organizar acervos locais ligados às temáticas da ciência e o meio-ambiente IV. Promover cursos e outras ações ligadas ao ensino da História da Ciência e História Ambiental V. Desenvolver ações de extensão, procurando estabelecer um diálogo entre as temáticas dessas áreas do conhecimento e a sociedade. Atualmente localizado no bloco 5M, o laboratório também contribui com sua estrutura física e equipamentos para as pesquisas da Pós-Graduação.

 

Projetos já  desenvolvidos no âmbito do laboratório

  • Projetos de nação na Primeira República: natureza, política e sociedade
  • O Brasil visto de fora: política e ciência nas páginas da National Geographic Magazine (1888-1945)
  • Homens, plantas e animais: história ambiental durante a expansão econômica Paulista (1900-1930)

 

Projetos em andamento

  • Observatório do desenvolvimento sustentável, saúde e meio -ambiente em Uberlândia e região
  • Entre remédios e feitiços: políticas de saúde e práticas de cura em Minas Gerais em perspectiva comparativa (1890-1930)- FAPEMIG
  • O Brasil nas revistas da National Geographic (1888-2000)- FAPEMIG
  • Mediação cultural em arquivos: práticas e experiências de formação
Av. João Naves de Ávila, 2121
CEP: 
38408-100
Uberlândia, Minas Gerais, Brasil
Campus Santa Mônica - Bloco 1H - Sala 1H49
Tópicos: 

Laboratório de História do Trabalho, da Educação e da Violência - LAHTEV

por Portal PPGHI Inhis
Publicado: 22/10/2020 - 09:45
Última modificação: 26/03/2021 - 07:33

Sobre Laboratório:

O Laboratório de História do Trabalho, da Educação e da Violência, LAHTEV, parte integrante do Instituto (INHIS) e do programa de pós-graduação em História (PPGHI), da Universidade Federal de Uberlândia, foi aprovado e registrado por meio da RESOLUÇÃO Nº 1/2019, do CONSELHO DO INSTITUTO DE HISTÓRIA, em 19 de setembro de 2019. Desde então, coordenado pelo Prof. Dr. Deivy Ferreira Carneiro, tem-se nesse registrado atividades de pesquisa, acervos de documentação e entrevistas com renomados/as intelectuais atuantes na área da História Social.

O laboratório também conta com um canal no Youtube no qual divulga suas atividades e recebe convidados

http://www.youtube.com/c/lahtevufu

Os projetos que se desenvolvem no Laboratório contemplam uma ampla gama de temas nas áreas da história, sociologia, educação, direito, entre outras. Esses se relacionam na dimensão das experiências, das condições sociais, dos modos e visões sobre o mundo, sobre o trabalho, sobre a violência e sobre a educação. Entre os temas de pesquisa encontram-se perspectivas, consensos e conflitos em relação à cidade, ao patrimônio cultural e às classes sociais.

Entre orientações diversas no tratamento das fontes, dos dados e das evidências materiais, a Micro-História e a História Oral têm destaque entres os trabalhos orientados. As metodologias e as perspectivas teóricas se embasam no materialismo histórico dialético e na história social de matriz inglesa e Italiana.

Dentre as referências bibliográficas constam nomes como E. P. Thompson, Raymond Williams, Victor Kiernan, György Lukács, Carlo Ginzburg, Giovanni Levi, Francesca Trivellato, Simona Cerutti, Maurizio Gribaudi, Norbert Elias, dentre outros.

O laboratório tem entre seus integrantes os professores Deivy Ferreira Carneiro, Sérgio Paulo Morais e Paulo Sérgio da Silva. 

Av. João Naves de Ávila, 2121
CEP: 
38408-100
Uberlândia, Minas Gerais, Brasil
Campus Santa Mônica - Bloco 1H - Sala 1H 34
Tópicos: